Encontro entre representantes do CNRS, do Consulado da França e da UFRJ

Participaram do encontro Denise Pires de Carvalho, reitora da UFRJ, Amaury Fernandes, diretor de relações internacionais e Jennifer Lowe, coordenadora de RI na universidade.

No dia 16 de dezembro de 2019 aconteceu no Consulado geral da França no Rio de Janeiro uma reunião que deu continuidade às conversas iniciadas dia 5 de dezembro no campus da UFRJ, entre os representantes do polo América do Sul do CNRS (Centro Nacional Pesquisas Científicas da França) e os representantes da UFRJ, Amaury Fernandes e Jennifer Lowe. Desta vez, participaram também os representantes consulares dos setores de pesquisas, científico e cultural.

Estavam presentes os representantes da UFRJ (a reitora Denise Pires de Carvalho, o diretor de relações internacionais, Amaury Fernandes, e a coordenadora Jennifer Lowe, bem como os representantes do escritório do CNRS no Rio de Janeiro (a diretora Olga Anokhina e seu assistente Alexis Lenoir), e do Consulado geral da França no Rio de Janeiro (o Adido de cooperação e ação cultural, Romann Datus, o Adido cientifico e universitário, Philippe Michelon, e a Adida linguística, Adriana Davanture).

O encontro desta segunda-feira 16/12 permitiu que os participantes fizessem um levantamento do estado atual dos projetos conjuntos já existentes, e também para programarem futuras possíveis colaborações entre a UFRJ e a França, como, por exemplo, o programa de cátedras franco-brasileiras, a tríplice cooperação entre o CNRS, a empresa petroleira francesa TOTAL e a UFRJ, e o ensino de francês na UFRJ.

Assuntos em pauta

Romann Datus iniciou a reunião lembrando a importância dos laços de colaboração entre a França e o Brasil e deu especial destaque à participação essencial da UFRJ, que é um dos principais parceiros da França. Ele ressaltou os motivos pelos quais é primordial manter e reforçar bases duradouras de colaboração.

Vários assuntos foram abordados durante o encontro, como o interesse da UFRJ pelos programas de tutela compartilhada, os programas de cátedras – que recebem pesquisadores franceses no Brasil, e um acordo que está sendo costurado entre o CNRS, a UFRJ e a empresa petrolífera francesa TOTAL. Ao final, um convite foi feito aos franceses para o evento de comemoração de 100 anos da UFRJ.

Com esta reunião, o CNRS e o Consulado geral da França no Rio de Janeiro valorizaram o diálogo e as parcerias como a que mantém com a UFRJ, uma das mais importantes universidades do país. A ideia é que continuem a desenvolver projetos conjuntos ambiciosos, como o ensino do francês na universidade, a tutela compartilhada de teses, as cátedras e os projetos conjuntos de pesquisas científicas.

 

Desde a esquerda: Amaury Fernandes, Olga Anokhina, Denise Pires de Carvalho, Romann Datus, Philippe Michelon, Jennifer Lowe y Alexis Lenoir. – Foto : Daniel Cariello

Fonte : Consulado da França no Rio