O CNRS propõe várias ferramentas de colaboração no estrangeiro afim de estruturar e ajudar a financiar as cooperações entre equipes de pesquisa e laboratórios filiados ao CNRS e seus parceiros estrangeiros.

As UMI (Unidades Mistas Internacionais) :

Duraçāo: 5 anos, renováveis 5 anos. Orçamento CNRS : ≥50k€/ano

  • Uma UMI é um verdadeiro laboratório situado no estrangeiro, dirigido conjuntamente pelo CNRS e um parceiro brasileiro.
  • Geralmente, um pesquisador do CNRS é vinculado a UMI por uma duração entre 6 meses e dois anos. Do ponto de vista do CNRS uma UMI é equivalente a uma UMR (Unidade Mista de Pesquisa) francesa clássica mas implantada no estrangeiro.

Os IRN (International Research Network) :

Duraçāo : 4 anos, renovável 4 anos. Orçamento CNRS : ≥20k€/ano

  • Um IRN é um grupo internacional de uma ou mais equipes vinculadas ao CNRS e inúmeras equipes de outros países (em torno de 5 a 8 laboratórios no total).
  • O orçamento concedido pelo CNRS permite financiar os intercâmbios de pesquisadores no seio da rede mas também a realização de eventos conjuntos (workshops, escolas…).
  • Sua criação resulta do acordo prévio do Instituto do CNRS cujas equipes membro incluem o CNRS e da assinatura de um acordo entre todos os parceiros.

Os LIA (Laboratórios Internacionais Associados) :

Duraçāo: 4 anos, renováveis 4 anos. Orçamento CNRS : ≥15k€/ano

  • Um LIA é composto de algumas equipes vinculadas ao CNRS e equipes estrangeiras trabalhando sobre o mesmo assunto (em torno de 2 ou 3 laboratórios no total).
  • O orçamento concedido pelo CNRS permite financiar intercâmbios de pesquisadores entre laboratórios, eventos conjuntos (workshops, escolas…) mas também períodos mais longos de intercâmbio de pesquisadores ou de material de pequeno porte.
  • Sua criação resulta de um acordo prévio do Instituto do CNRS cujas equipes membro incluem o CNRS e a assinatura de um acordo entre todos os parceiros.

Os PRC (Projetos de Pesquisa Conjuntos) :

Duraçāo : entre 1 et 3 anos não renovávelOrçamento: 5-20k€/ano

  • Próximo do PICS, um PRC éfinanciado conjuntamente pelo CNRS e um organismo parceiro de financiamento estrangeiro.
  • Ele permite cobrir intercâmbios de pesquisadores e pequenos seminários entre uma equipe afiliada ao CNRS e uma equipe estrangeira elegível para o organismo da parceria de financiamento estrangeiro.
  • Um PRC se ganha ao responder a chamada de projeto anual conjunto lançado pelo CNRS e o parceiro estrangeiro.
  • Consultar a lista das diferentes chamadas com o Brasil no site do DERCI.

Os PICS (Projetos Internacionais de Cooperaçāo Científica) :

Duraçāo : 3 anos nāo renovávelOrçamento CNRS 5-7k€/ano

  • Um PICS permite financiar pelo CNRS missões no estrangeiro e pequenos seminários.
  • Ele é atribuído a uma equipe afiliada ao CNRS que deseja formalizar e consolidar uma cooperaçāo com um parceiro estrangeiro já tendo oferecido lugar a uma ou mais publicações comuns.
  • Um PICS é destinado prioritariamente aos pesquisadores com menos de 45 anos, mas isso nao é um critério obrigatório.
  • A avaliaçāo dos projetos é realizada pelos Institutos CNRS onde levantam as unidades de pesquisa dos portadores do projeto.
  • Um PICS se ganha ao responder a chamada de projeto anual do CNRS, no site do DERCI.